Lidando com pessoas tóxicas

Quem nunca se deparou com uma pessoa tóxica, né? Vez ou outra, a gente cruza com pessoas assim na nossa vida, não tem jeito, seja no trabalho ou na vida pessoal. E se a gente não souber lidar com elas, podemos ser envenenados e acabar caindo em suas armadilhas difíceis de escapar. Se deixar, elas nos oprimem e sugam nossa energia até a gente adoecer.

Pessoas tóxicas são aquelas que exalam algum tipo de sentimento ou sensação ruim que pode afetar o nosso dia a dia. Essas pessoas, infelizmente, não vêm com avisos ou alertas. E como qualquer tipo de toxina, você precisa limitar sua exposição a essas pessoas. Ou até mesmo cortar laços para se proteger.

Não é difícil descobrir quem é uma pessoa tóxica. Quer ver? Pense nas pessoas que você conhece. Você se sente tenso, desconfortável ou infeliz em sua presença? Se sente exausto no momento em que se separam? Teme as suas reações, pois são sempre inesperadas? Se sente obrigado a resolver todos os seus problemas? Se sente triste, deprimido ou irritado quando estão juntos? Se sente obrigado a impressioná-la? Se sente sempre na defensiva? É afetado pelos seus dramas ou pelos seus problemas? Essa pessoa ignora as suas necessidades? Essa pessoa exige tudo de você, mas jamais te dá qualquer coisa em troca? Essa pessoa jamais se desculpa nem reconhece seus próprios erros? Essa pessoa não respeita o seu espaço e a sua privacidade? Essa pessoa o leva a fofocar ou a agir com crueldade? Essa pessoa desperta as suas piores qualidades? Então essa pessoa é tóxica.

perigo-toxico
Cuidado!

Mas não confunda pessoas tóxicas com aquelas que você não concorda ou não se dá bem. As pessoas possuem opiniões diferentes e sempre haverá discordâncias com alguém, a qualquer momento. (Se você não entende isso, talvez o problema esteja em você.)

Algumas espécies (risos) de pessoas tóxicas:

  • Pessoas arrogantes

Há uma grande diferença entre confiança e arrogância. Confiança inspira; arrogância intimida. Pessoas arrogantes sempre sabem mais e se sentem superiores aos outros.

  • Pessoas vítimas

Uma das piores pessoas que você pode encontrar na sua vida são as que sempre se fazem de vítimas. Elas olham para seus próprios erros e sempre encontram alguém para culpar. Elas nunca se responsabilizam pelas vidas delas.

  • Pessoas controladoras

Elas sabem tudo e a melhor forma de fazer qualquer coisa, mas no fundo são pessoas extremamente inseguras. O problema é que enquanto você estiver rodeada por elas, você nunca terá chance de dar sua opinião ou ser escutado.

  • Pessoas invejosas

Elas nunca estão felizes com o que têm e são incapazes de ficarem felizes pelas boas coisas que acontecem com você. Elas acreditam que se alguma coisa benéfica tem que acontecer, deve ser com elas.

  • Pessoas negativas

Você provavelmente deve conhecer alguém que vive irritado, ressentido, desconfiado de tudo. Negatividade destrói relacionamentos e passar tempo com pessoas assim dá a sensação de que estão sugando sua vida.

  • Pessoas que julgam

Há uma grande diferença entre julgar com base em dados objetivos e julgar apenas para criticar. Pessoas que julgam demais são rápidas para tirar conclusões que nem sempre se provam corretas. Elas são péssimas ouvintes e comunicadoras.

  • Pessoas fofoqueiras

Elas conversam sobre os outros sem distinguir o que é especulação e realidade. Isso é uma forma de elevá-las acima de suas inseguranças. Poucas coisas são mais destrutivas do que fofocas.

  • Pessoas manipuladoras

As pessoas tóxicas também são boas de argumentos e possuem um alto poder de persuasão. Afinal, para conseguirem o querem, sabem que precisam desse poder, mesmo que isso signifique prejudicar o outro. Elas também podem fazer com que você se sinta devendo algo, mesmo que não seja verdade, para conseguirem a sua ajuda. Então, fique atento.

  • Pessoas sem caráter

Se uma pessoa não tem integridade ou honestidade –  trair, manipular, fofocar fazem parte de suas atitudes diárias –, haverá poucas coisas que ela não faça para conseguir o que quer.

Eu, sinceramente, não sei qual delas é a pior. E, detalhe, as mais nocivas não se encaixam apenas em uma dessas categorias, mas em muitas delas! SOS

Como lidar e evitar as pessoas tóxicas?

Tá, mas e como lidar com elas? Como me livrar delas? Bom, nem sempre é possível se livrar de alguma pessoa tóxica, por isso, o ideal é saber lidar com elas.

Para começar, não ceda aos caprichos dessas pessoas e evite ficar se explicando, se justificando ou se defendendo, principalmente se for acusado por algo que não fez. Você não precisa provar nada a ninguém, só a você mesmo.

Como as pessoas tóxicas não admitem o erro, não adianta esperar por um pedido de desculpas. O melhor a fazer é seguir em frente. Você não precisa disso para seguir a sua vida normalmente.

Em uma discussão, não espere ela admitir que você está certo para encerrar o assunto. Se você souber disso, é o que importa. Deixe-a pensar do jeito dela e pare de gastar energia de forma inútil.

Mas, em alguns casos, faça sua voz ser ouvida. Nem todo mundo que exibe comportamento tóxico é um “valentão”, mas alguns são. Agressores tóxicos muitas vezes vomitam sua toxicidade para os outros, como um meio para um fim. Quando tal comportamento é evidente, é hora de fazer sua voz ouvida e se opor a tais atos de intimidação. Muitas vezes, o “valentão”, quando confrontado com resistência, vai se render e simplesmente seguir em frente.

E, também, nunca se deixe enganar pelas pessoas tóxicas quando elas quiserem te convencer de que você deve algo. Lembre-se de que você nasceu livre e não deve nada a ninguém. No mais, não deixe que elas te ponham para baixo, te ofendam ou te agridam verbal e fisicamente. As pessoas que realmente se preocupam com você não te fazem se sentir um lixo.

Por fim, o melhor de tudo é, simplesmente, se afastar e seguir a sua vida. Lembre-se de que a vida é curta demais para perder tempo com essas pessoas.

Entenda que você possui liberdade e total domínio sobre a sua própria vida. Só você pode mudar o rumo dela e é responsável pelas escolhas que faz. Os erros são uma consequência natural que te levarão a aprendizados valiosos.

Então, ao se deparar com pessoas tóxicas, saiba que tem total liberdade para evitá-las e dizer “não” quando quiser. Continue confiante, não perca seus objetivos de vista e preserve as peculiaridades que te fazem único.

 

Como dar um pé na bunda

Nem sempre a gente é a bunda, né mores… Às vezes somos o pé na bunda de alguém, acontece… rs Ainda bem! (Ou não 😂) Dar um pé na bunda também pode ser uma tarefa muito difícil, na verdade eu não sei o que é mais difícil, levar um pé ou dar um pé. Acho que depende da situação, da pessoa… Cada caso é um caso né… Há quem prefira que terminem com eles do que ter que terminar uma relação, e vice versa. Mas enfim, vamos ao que interessa. Só existem duas maneiras de se fazer isso de forma menos traumática.

1) A primeira delas, converse. Tudo se resolve conversando. Se não está bom, se não quer mais, se conheceu alguém novo, o que quer que seja, chame a pessoa e converse. Seja franco(a) e honesto(a) (com o outro e com você). Colocar as cartas na mesa é sempre a melhor opção. De preferência pessoalmente, ok? Não se termina uma relação por mensagem de texto ou ligação. Não seja cuzão. Lembre-se que quando você vai terminar uma relação, é muito importante explicar o que está sentindo e ouvir o que o outro está sentindo. O olho no olho ainda é a melhor forma de fazer isso.

Dicas importantes:

  • Prepare o terreno. Antes de partir para a conversa final, dê indícios de que as coisas não estão bem. Demonstre aos poucos que você não está satisfeito(a).
  • Escolha um território neutro. Sim, o local do término faz toda a diferença. Tem que ser reservado.
  • Defina como será a relação entre vocês dali em diante, para que não ocorra situações desagradáveis e/ou constrangedoras.
  • Ponto final é ponto final. Nada dessa coisa de ‘ai, vamos dar um tempo e blá blá blá’, não!

 

2) Em último caso (só em último mesmo!), faça a pessoa terminar com você. Não acho uma boa opção, mas é uma para quem é covarde o suficiente ou por algum motivo muito forte não consegue colocar um ponto final na relação. Como eu disse, cada caso é um caso né, não podemos julgar. Então dê motivos para a pessoa terminar com você, em outras palavras, seja um cuzão. 😔 Assim a pessoa vai te dar um pé (ou achar que deu) quando na verdade você quem deu.

Essa pode até vir a ser uma boa opção quando seu/sua parceiro(a) é muito apaixonado(a) por você e/ou é muito sensível e sentimental e vá ficar profundamente triste e arrasado(a) com o pé na bunda. Assim, essa seria uma forma de “minimizar os danos”, a pessoa ficaria melhor com ela mesma pensando que abandonou ao invés de ter sido abandonada. Mas não é muito honesto né, enfim… Nesse caso tem que colocar as coisas na balança e analisar. E provavelmente, ela vá acabar te odiando. rs

 

Atualmente, com a presença da tecnologia em nossas vidas, muitas vezes, nem existe o pé na bunda. As pessoas simplesmente somem e não respondem nunca mais. Essa é a pior forma de terminar uma relação. Não faça isso!!! Só demonstra desprezo pelos sentimentos alheios e o quanto você é covarde e incapaz de enfrentar desavenças e confrontos.

Vale lembrar que as tecnologias são uma continuidade da relação, e ignorar online é a mesma coisa do que ignorar alguém que está na sua frente. O quanto você gostaria se fizessem isso com você? Já parou pra pensar? 🤔

Colocar um ponto final em uma relação que não está boa se faz necessário, não tem porquê seguir com uma coisa que não está funcionando mais e que não tem mais salvação, então faça. Mas faça consciente e da melhor forma possível para ambos os lados. E vida que segue! Tá bem? Então tá bem! 🙂

Como superar um pé na bunda

Quem nunca levou um pé na bunda (ou fora, que seja), não é mesmo? Se não levou, provavelmente ainda vai levar… 😅 Enfim… Longe de mim querer cagar regras, mas reuni aqui algumas táticas que podem ajudar a enfrentar esse momento que costuma não ser dos mais agradáveis e fácies de lidar né… Afinal, superar é preciso.

  1. Primeira e mais óbvia, arrume outra pessoa. Aquela máxima de curar um amor com outro. Nem sempre/dependendo da situação não é a ideia mais indicada, você pode acabar se enrolando mais ainda, mas costuma funcionar. Ninguém é insubstituível, não mesmo, por mais que pareça. Coloque outra pessoa no lugar e vá ser (ou tentar ser) feliz novamente. Nota: não me responsabilizo por possíveis danos 😂
  2. Saia com os amigos, vá se divertir e se distrair. Aproveite que está sozinho(a) para reunir os amigos, reencontrar aqueles que não vê faz tempo… Amigos servem pra isso mesmo. E amigo que é amigo tá contigo nesse momento te dando força e te colocando pra cima, então se joga nos (bons) amigos!
  3. Meta o loko. Sim. Pode ser benéfico nesse momento. Se joga! Vá pra farra, pra balada, pra putaria. O corpo é seu, a vida é sua (e é curta) e você não deve nada pra ninguém. Tome um porre sim. Durma com desconhecidos sim. Mas só faça isso se for da sua vontade. Nunca para esquecer alguém, ok? E tudo com juízo e cuidado hein…
  4. Faça coisas que você gosta. Se permita. Não precisa ser nada grande. Se apegue às pequenas coisas (aproveite para valorizá-las). Faça uma lista de pequenos prazeres e coloque em ação. Tome um sorvete na segunda-feira, vá ao cinema na terça-feira (já experimentou fazer isso sozinho(a)? Caso não, essa é a hora!). Compre um presente pra você mesmo na quarta-feira, e aí por diante.
  5. Faça uma viagem. (Mais uma coisa que se não fez sozinho(a) ainda, não espere mais, faça!) Conhecer lugares novos é sempre bom, nesse momento então nem se fala! Tire uns dias para você e vai! Caso não tenha condições financeiras para tal ou não possa por algum outro motivo, como trabalho ou estudos, faça uma viagem sem sair do lugar. Sim, é possível. Escolha um destino no mundo e pesquise sobre ele, descubra. Leia livros e reportagens sobre aquele lugar, assista vídeos sobre. Hoje em dia com a internet é possível conhecer diversos lugares sem sair de casa. E quando tiver a oportunidade, conheça pessoalmente.
  6. Última, mas não menos importante, comece algo novo. Se matricule em algum curso que você tenha vontade de fazer, alguma aula que já tenha tido interesse e adiou… Tem sempre algo novo para aprender. Vá fazer uma aula de dança, uma luta, aprender um idioma novo, tocar um instrumento, aprender crochê… Nota: dá pra aprender coisas novas sem gastar dinheiro. Existem diversos tutorias na internet e apps que ensinam das mais variadas coisas.

Dicas extras: evite procurar saber do ex(u), nada de ficar stalkeando ele nas redes. Evite ir aos lugares que vocês iam juntos e/ou lugares que você sabe que vai encontrá-lo. Ok?

Resumindo… Se mantenha ocupado(a) com coisas que te dão prazer. Foque em você. Aproveite o momento para se conhecer melhor, para crescer e se amar mais. Use o término como incentivo para ficar mais bonito(a), e mostrar ao ex o que ele perdeu. aloka E como dizem por aí, segue o baile! A fila tem que andar, né mores? Tá bem? Então tá bem! 🙂

img_5360

Fique solteiro por quanto tempo for necessário

Que eu defendo a solteirice e sou adepto da filosofia do “antes só que mal acompanhado” não é nenhuma novidade pra quem me acompanha aqui, já falei sobre isso aqui e aqui. Mas antes que me rotulem do que quer que seja, deixo claro que, assim como gosto de estar solteiro, também adoro estar em um relacionamento e acredito em amor sim, mas um relacionamento saudável e amor recíproco. Amar e ser amado é tão bom quanto se amar.

Para tal, temos que nos permitir experimentar, vivenciar novas experiências e estar aberto às possibilidades. E é exatamente sobre isso que fala o texto abaixo. Um texto simples e direto, que transcreve muito bem o que eu penso e acredito.

Você tem uma vida inteira para encontrar o amor da sua vida, fique solteiro por quanto tempo for necessário…

 

Se você encontrar alguém que o  faça  mais feliz do que tudo, que faça você querer se tornar uma versão melhor de si mesmo, crie uma conexão com essa pessoa e passe a eternidade ao lado dela.

Mas se você ainda não encontrou uma pessoa assim, então fique solteiro pelo tempo que precisar. Não tenha vergonha de dizer isso aos seus tios quando perguntarem sobre a sua vida amorosa. Não se sinta constrangido por ser  o único dos seus amigos que ainda não se casou. Não se iluda acreditando que você ficaria melhor se estivesse em um relacionamento com alguém.

É melhor ficar solteiro do que estar com alguém que leva horas para responder suas mensagens, ou alguém que pensa estar fazendo um favor ao lhe dar o mínimo de atenção que você merece e fica bravo contigo por cada pequena coisa que você faz.

Não fique com uma pessoa tóxica – ou alguém que é um amor de pessoa, mas você simplesmente não consegue sentir o mesmo e retribuir, espere. Espere um relacionamento onde os sentimentos são mútuos. Onde vocês dois estão loucos um pelo outro. Onde ambos podem imaginar um futuro que dura para sempre.

Você tem uma vida inteira a sua frente, tem tempo para perseguir seus sonhos. Agora é hora de formar novas amizades, hora de ganhar aquela promoção. E mais do que tempo suficiente para encontrar o amor da sua vida.

Você está autorizado a namorar por aí. Você está autorizado a beijar as pessoas erradas, a dormir com as pessoas erradas, a se comprometer com as pessoas erradas. Você está autorizado a se aventurar em diferentes relacionamentos, para ver que tipo de pessoas são certas para você e quais são completamente erradas. Você está autorizado a experimentar!

Mas você também está autorizado a ficar solteiro. Você está autorizado a escolher ficar em casa durante o fim de semana ou na cama durante as noites de baladas com os amigos. Você está autorizado a escolher você ao invés de encarar estranhos em um bar.

Você pode encontrar o amor da sua vida no seu próprio ritmo.

*Texto original de Holly Riordan

Medo de ficar sozinho

Dias atrás estava num bar com amigos jogando conversa fora quando um deles disse que não entendia por que eu estava sozinho. Citou mil e uma qualidades minhas e me questionou por que eu não namorava e se eu não tinha medo de ficar sozinho.

Sem hesitar, eu respondi que não. Ele ficou surpreso e quis saber por quê. Se você também não entende como alguém não tem medo de ficar sozinho, vou lhe explicar. Pelo simples fato de que eu fico super bem sozinho, eu adoro a minha companhia. Sou adepto da velha filosofia do “antes só que mal acompanhado”, sabe? Acho que se você está com alguém que não te valoriza, que fica fazendo joguinho, que tira sua paz, não vale a pena. Se eu for ficar com alguém, tem que ser alguém que vá agregar, que vá somar. Alguém tão intenso como eu, que não seja pouco, que me faça transbordar. Sentimentos por migalhas não me atraem. E enquanto essa pessoa não aparece, eu fico muito bem comigo mesmo. E se essa pessoa não aparecer, tudo bem também. Sigo completo.

Você deve estar pensando, “nossa, que autossuficiente…” Talvez sim, talvez não. A questão é se conhecer, se amar, se respeitar, ter consciência de que a sua felicidade só depende de você, e vem de dentro. De dentro de você. A gente tem que aprender a ser feliz sozinho, porque só assim vamos ser felizes com alguém. Então a companhia alheia será questão de escolha e não uma necessidade. Eu sou a minha melhor companhia. Seja a sua também.

Mas se você tem esse medo, tudo bem. Normal. Eu também já tive. Acredito que a maioria das pessoas tenha. Até porque dizem muito por aí que “é impossível ser feliz sozinho”… A gente acaba acreditando.

Câncer e o zodíaco

Quem nunca conheceu alguém e não quis saber se o signo daquela pessoa combinava com o seu que atire a primeira pedra! Por mais que você não acredite muito em Astrologia, acaba caindo na curiosidade de perguntar o signo do crush. E aí, será que o crush combina com você?

Para começar, resolvi aproveitar o Sol em Câncer para falar de nós, cancerianos ❤ melhores pessoas kkk Então se você é canceriano, se joga nas combinações abaixo! E se não é, mas tem um crush canceriano, se joga também!

Câncer + Áries: É uma combinação delicada, que precisará ser administrada com paciência e sabedoria, já que são signos de naturezas muito diferentes. Áries é de fogo; Câncer, de água. Enquanto Áries é ação, Câncer é emoção. Enquanto Áries é extrovertido, Câncer pode ser mais tímido. Será preciso compreender essas diferenças para fazer a relação funcionar. Se souberem se adaptar, podem crescer e aprender muito um com o outro. Nota = 4/5

Câncer + Touro: A combinação é puro amor. Terra e água, Vênus e Lua, esses signos têm tudo a ver, já que são cheios de afeto, sensibilidade e adoram cuidar daqueles que amam. Quando se apaixonam, é pra valer. Essa relação é cheia de romantismo, sensibilidade, delicadeza. Há também muita sensualidade e fidelidade. Nota = 4/5

Câncer + Gêmeos: Gêmeos é um signo do elemento ar, enquanto Câncer é do água. Gêmeos é mais desencanado, relax, gosta de curtir as coisas e a vida sem muito compromisso, enquanto Câncer é supersensível e focado nos compromissos. Ou seja, são muito diferentes. Para completar, ambos oscilam demais, Câncer pela instabilidade de água e Gêmeos pela volatilidade do ar. Mas, com amor, tudo é possível, até mesmo conciliar as maiores diferenças. Nota = 1/5

Câncer + Câncer: Ninguém melhor para entender um canceriano que outro canceriano. Os dois não têm medo de amar e de se entregar. Quando entram numa relação, é pra valer. Por isso, o relacionamento tende a ser duradouro. Ambos são amorosos, carinhosos, calmos e se preocupam um com o outro. Porém, podem ser possessivos, ciumentos e ter a tendência à manipulação e chantagem emocional. O excesso de controle e cobranças pode prejudicar a relação. Para que tudo dê certo, devem cultivar a liberdade e a confiança! Nota = 5/5

Câncer + Leão: Câncer é signo do elemento água; Leão, do fogo. Câncer é regido pela Lua; Leão, pelo Sol. Leão adora festa, Câncer é mais caseiro. O primeiro é mais seguro, já o segundo mais sensível. Mas os dois são fiéis, leais, protetores e atraem um ao outro. Embora a atração entre os dois seja forte e Câncer se derreta pelo jeito protetor de Leão, e Leão se encante pela delicadeza e pelo acolhimento canceriano, as diferenças também são muitas – é preciso trabalhar sobre elas para fazer a relação dar certo. Haja amor e disposição! Nota = 2/5

Câncer + Virgem: Câncer é signo do elemento água; Virgem, do terra. Ambos naturalmente se atraem e combinam. É uma relação que facilmente pode dar certo. Virgem é metódico, discreto e dedicado; Câncer, sensível, tímido e também muito dedicado. Ambos são organizados, práticos e podem se dar muito bem no dia a dia. Mas as coisas podem se complicar um pouco quando Câncer, que é muito romântico, espera de Virgem um pouco mais de calor e sensibilidade. Virgem é bem mais racional e, embora ame de verdade, é pouco dado às demonstrações de afeto. Para equilibrar as coisas, Virgem terá de se esforçar um pouco mais, abrindo-se emocionalmente, enquanto Câncer terá de administrar as expectativas, procurando entender o jeito de Virgem. Nota = 3/5

Câncer + Libra: Câncer é regido pela Lua; Libra, por Vênus. Ambos gostam de cuidar, são amorosos, companheiros e doces um com o outro. As brigas entre os dois serão raras, já que detestam violência e cultivam a paz. O jeito cuidadoso e delicado de Libra atrai Câncer, que gosta de ser cuidado. Já a sensibilidade de Câncer atrai Libra, que é um signo refinado. As coisas só podem desandar um pouco no momento em que Libra se torna muito racional, uma vez que é um signo de ar e mais mental, ativando as carências de Câncer, que é aquático, emocional e precisa de carinho e contato físico o tempo todo para se sentir seguro. Isso pode fazer com que Câncer fique ciumento, inseguro e manipulador, irritando Libra, que não gosta de mimimi. Nota = 3/5

Câncer + Escorpião: Os dois são signos regidos pelo elemento água, ou seja, são pura emoção, sentimento e sensibilidade. Câncer e Escorpião se entregam e se jogam. Uma relação entre eles é sempre sinônimo de intensidade. Os dois são profundos, apaixonados e desejam ardentemente um relacionamento. Por isso, quando se encontram, podem não se largar mais. A atração é intensa; parece coisa do destino. Essa relação é pura sensualidade, romantismo e entrega. Mas com tanta intensidade, pode-se esperar também muito drama, ciúme, chantagem emocional e manipulação. O lado mais frio e racional da relação caberá a Escorpião, que se esforçará para não se afogar em meio a tantas emoções. Porém, o escorpiano, quando se sente ameaçado, pode se defender de forma fria ou agressiva, o que pode magoar profundamente os sentimentos do canceriano. É necessário cuidado e muita dedicação para que tudo não acabe em ressentimentos. Nota = 5/5

Câncer + Sagitário: Câncer é signo do elemento água; Sagitário, do fogo. Câncer é tímido; Sagitário, extrovertido. Câncer é caseiro; Sagitário detesta ficar em casa. São, portanto, bem diferentes. Mas apesar das diferenças, têm algo em comum: o interesse pela espiritualidade, a necessidade de aprender mais e ir além do óbvio. As coisas podem desandar devido ao fato de Sagitário ser um signo independente, seguro, que aprecia a liberdade e pode não ser super fiel; já Câncer é mais inseguro, mais dependente e exige compromisso e fidelidade. Mas é aquela história: com amor e dedicação, tudo pode dar certo, né? Será preciso muito amor e dedicação para que essa relação seja duradoura. Nota = 2/5

Câncer + Capricórnio: Câncer é signo do elemento água; Capricórnio, do terra. São opostos que se complementam. A atração entre os dois é forte e instantânea. Câncer é um signo amoroso, afetivo e adora cuidar, enquanto Capricórnio aparenta ser durão, fechado, mas, no fundo, é carente e tudo o que mais deseja é ser amado e cuidado. Os dois são práticos, persistentes, não têm medo de enfrentar problemas e lutar pelo amor. Farão, portanto, de tudo para que a relação dure a vida toda. Nota = 4/5

Câncer + Aquário: Câncer é signo do elemento água; Aquário, do ar. Câncer olha para o passado; Aquário, para o futuro. Câncer é emotivo; Aquário, super-racional. Completamente diferentes, mas é justamente nesse excesso de diferenças que pode nascer uma forte atração. Essa não é uma relação muito fácil, mas se houver muito amor, pode ser que role. Ainda assim, será preciso dedicação. O problema é que Aquário, com seu jeito frio, racional e desapegado, poderá despertar muitas inseguranças e carências em Câncer, tornando-o ciumento, possessivo, cobrador e resmungão, tudo o que Aquário detesta. Os dois terão de exercitar a flexibilidade, a compreensão e aprender a se colocar no lugar do outro para que a relação dê certo. Caso consigam enfrentar o desafio, podem crescer e aprender muito juntos. Nota = 1/5

Câncer + Peixes: Os dois são signos regidos pelo elemento água, supersensíveis, emocionais e de estilo bem parecido. Tem tudo para dar certo. Carinhosos, sensíveis e sentimentais até o último grau, são aquele tipo de casal meloso, que se ama e se encanta um pelo outro à primeira vista. O desafio inicial pode ser o medo de demonstrar sentimentos e se sentir rejeitado. Por isso, embora o encantamento seja instantâneo, o romance pode demorar a engatar, já que alguém vai ter de tomar coragem e chegar junto. Mas, passado esse primeiro obstáculo, tudo será só amor. As brigas serão raras, pois vocês têm uma sintonia perfeita e detestam discussões. O perigo está no excesso de doçura e de mimimis, que pode fazer com que criem um mundo à parte e acabem se isolando dos amigos e da família. Nota = 5/5

 

E aí? Concorda? Discorda? Me conte nos comentários! 🙂

Traição tem perdão?

O conceito de traição implica que há confiança (ou algum outro tipo de relacionamento) entre as partes envolvidas. Dessa forma, a traição pode acontecer entre amigos, entre familiares ou entre pessoas que têm um relacionamento amoroso.

Quem nunca traiu ou foi traído que atire a primeira pedra! Seja traição de um(a) parceiro(a), de um(a) amigo(a), de um familiar ou qualquer outra pessoa que você tenha um relacionamento, seja ele de qualquer natureza. Para trair não é preciso muito esforço, ser fiel e leal a alguém exige muito mais de você, principalmente em um relacionamento amoroso. Hoje em dia a oferta é muito grande, as redes sociais e aplicativos facilitaram a traição.

A traição também pode ser relativa, às vezes o que eu considero traição, pode não ser para você. Como por exemplo, seu parceiro estar conversando com alguém em um aplicativo, é traição ou não? Seria traição só se acontecesse um encontro? O simples fato de ele estar em um aplicativo já não pode ser considerado traição? Muito se diz que se não rolou sentimento, não foi traição. Será? Em um relacionamento, isso tem que ser muito bem definido, o que configura traição ou não.

escala traição
Escala de traição

Na maioria das vezes, você está em um relacionamento porque ama aquela pessoa; e às vezes o amor é tão grande e tão forte que uma traição não consegue destruir aquele amor. O orgulho é ferido, a confiança é quebrada, mas o amor continua ali (talvez até intacto). Por isso aceitar uma traição é muito difícil, porque a confiança e o orgulho formam abalados, mas você continua amando aquela pessoa, continua querendo aquela pessoa. Então você se encontra em um beco sem saída: perdoar e seguir em frente juntos ou terminar a relação? Se seguir em frente, vai ser como antes? Vai ser melhor? Pior?

Acredito que seja preciso avaliar o que importa mais para você, analisar seus sentimentos e a relação que existe entre vocês. Você ainda consegue dividir a vida com aquela pessoa? Se a resposta for sim, você já sabe o que fazer.

Eu já fui traído e perdoei. Depois de muito tempo. Foi um processo longo e difícil. Após uma fase de raiva e tristeza, você consegue perdoar o traidor. A ferida leva tempo para cicatrizar. É normal precisar de um tempo para digerir e absorver o que aconteceu. Mas perdoar é diferente de esquecer. Eu perdoei mas não retomei a relação. Como dizem, perdoar é divino, mas como bom canceriano que sou, guardo mágoa e não esqueço. Nunca traí, prezo muito a lealdade nos meus relacionamentos, até mais que a fidelidade. Mas não posso dizer que nunca trairei. Nunca diga nunca, não é mesmo? Mas de uma coisa é certa: se eu trair, vou contar à pessoa. Nada mais justo e honesto. Aquele lance da lealdade que falei agora a pouco.

Caso você tenha alguma história de traição interessante e queira dividir comigo, escreva nos comentários. Ou me mande uma mensagem!