Must watch: YOU

Pare tudo que você está fazendo e vá assistir “Você” (You)! Primeiro post do ano (e depois de um bom tempo, me desculpem) para dizer que você precisa assistir esse suspense que te instiga e prende do começo ao fim, porque você simplesmente não vai conseguir parar até saber tudo o que aconteceu e vai acontecer. Spoiler: e quando acabar, você não vai querer parar e vai pedir mais, e aí só temporada 2. #agilizaNetflix

You é baseada no livro homônimo de Caroline Kepnes, que explora a fronteira entre paixão e obsessão, e possui 10 episódios de 45 minutos cada. A série conta a história de Joe (Penn Badgley), gerente de uma livraria que se apaixona por Beck (Elizabeth Lail), uma aspirante à escritora. Decidido a conquistá-la, o protagonista não encontra limites em seus planos, enquanto tenta esconder seus atos obscuros dela.

Narrados pelo ponto de vista de Joe, os episódios trazem um olhar psicótico e detalhista, servindo de guia explicativo que pode muitas vezes enganar e confundir sobre as ações do protagonista. A série relata desde o momento em que Joe e Beck se conhecem, quando ela vai até a livraria em que Joe é gerente para comprar um livro, passando pelo momento de obsessão de Joe e chegando no momento em que eles começam realmente a conversar e sair. A narrativa é centrada nesse relacionamento que é levado longe demais.

A série é “uma história de amor do século XXI que questiona: ‘O que você faria por amor?’. Na trama, um gerente de livrarias conhece uma aspirante a escritora, e usa a internet e as mídias sociais como ferramentas para reunir as informações pessoais e se aproximar dela. A estranha paixão rapidamente se torna obsessão, ao mesmo tempo em que ele passa a eliminar silenciosa e estrategicamente todos os obstáculos – e pessoas – que aparecem no seu caminho.”

 

Os personagens da série são muito bem construídos, juntamente com as atuações impecáveis dos atores. Elizabeth Lail dá um show de atuação no papel da jovem escritora insegura, cercada por uma vida vazia e cheia de futilidades, Beck. E Penn Badgley está perfeito como Joe. As atuações despertam no espectador exatamente o que deveria sentir pelos personagens e suas ações, desde raiva a amor, empatia e medo.

You é uma história repleta de mistérios que te intriga e deixa curioso para saber que fim levará Joe e seu relacionamento com Beck. Com um final um tanto quanto surpreendente, a série te deixa sedento pela segunda temporada e pelas respostas às perguntas que o final deixa.

A primeira temporada foi disponibilizada na Netflix no último dia 26 e a segunda temporada tem previsão de estreia para o segundo semestre de 2019.

Nota: Série digna de maratona, eu devorei em dois dias. Então fica a dica! Corre pro Netflix!

Novo vício: Dinastia

Preciso dividir com vocês meu mais novo vício: a nova série da Netflix, Dinastia (Dynasty, no original). Se você, assim como eu, sente saudades de uma trama cheia de white people problems, intrigas, vingança, badalação e uma boa pitada de mistério, aperte o play!

A série é uma mistura de “Gossip Girl”, “Revenge” e “The O.C.” E não é à toa, os nomes por trás do roteiro são Josh Schwartz, Stephanie Savage e Sallie Patrick. Josh é o criador de “The O.C.” e co-criador da adaptação de “Gossip Girl” para a TV, junto com Stephanie. Os dois também eram produtores de ambas as séries. Já Sallie foi responsável pela produção de “Revenge” e pelo roteiro de 12 episódios.

Inspirada em um seriado clássico dos anos 1980 – que tinha o mesmo nome, “Dinastia” segue a disputa por fortuna e poder travada entre duas das famílias mais ricas dos EUA. Um ponto bacana dessa nova versão da série é a representatividade racial, uma das famílias é negra. Legal, né? (Tem casal gay também ❤ ) A trilha sonora e a fotografia são um plus a mais.

DYNASTY
DYNASTY

O maior problema da série é que chega na Netflix à moda antiga, um episódio por semana 😅 toda quinta-feira é dia! Mas tem uma explicação para tal, os episódios chegam ao Brasil apenas um dia após irem ao ar nos Estados Unidos. Já estão disponíveis 3 episódios. Então já sabe, né? Se joga!

dinastia