Desistir também é um ato de coragem

Dias atrás estava navegando na internet (ainda se usa esse termo? 😅) e me deparei com uma imagem “motivacional” que possuía uma pessoa vestida com roupa de corrida, parada, apoiada nos joelhos e visivelmente cansada, que continha a seguinte frase: Você pode tudo. Menos desistir. Desde então não parei de pensar sobre isso. Sobre não poder desistir.

É muito louco isso mas, às vezes, desistir é o melhor que você pode fazer por você mesmo. Desistir muitas vezes é a melhor decisão a ser tomada, e em alguns casos é uma escolha saudável.

Às vezes precisamos desistir de uma relação que não nos faz bem, em que você doa muito mais do que recebe; ou uma relação que já não nos traz felicidade e já não tem mais jeito. Às vezes precisamos desistir daquele emprego que já chegamos querendo ir embora, que passamos a semana pensando no sábado e domingo. Às vezes precisamos desistir daquela atividade física que não nos dá prazer e que fazemos por pura obrigação e acaba nos gerando mais estresse e insatisfação. Às vezes precisamos desistir daquele  curso que começamos mas não gostamos. Às vezes precisamos desistir daquele amigo que não toma jeito e só suga as nossas energias. Às vezes precisamos desistir daquele sonho que tanto insistimos mas não acontece. Desistir também é um ato de coragem. Você não precisa insistir eternamente. Se engana quem pensa que desistir é coisa de gente fraca, desistir é para os fortes.

Abrir mão de certas coisas é um processo muito doloroso e quando alguém desiste não é porque foi fraco, é porque foi forte tempo demais e reconheceu que aquilo já não lhe fazia bem mais. Certas coisas, pessoas, atitudes e comportamentos são nocivos à nossa saúde mental e bem estar, então desapegue.

Quando digo para desistir não quero dizer apenas para jogar tudo para o alto. Digo para renunciar ao que não agrega mais, renunciar ao que não aquece teu coração e começar algo novo, se permitir um recomeço. Se está em uma relação que não te faz bem, termine, conheça novas pessoas. Se está em um emprego que não gosta, encontre outro. Se pratica um exercício que não te dá prazer, tente outro. Se começou um curso e se desiludiu, comece outro. E comece outro de novo. E comece tudo outra vez. É permitido desistir sim, só não é permitido estacionar, porque a vida é movimento.

O que não podemos desistir nunca é de ser feliz, aí sim, não dá pra desistir. Mas tá liberado desistir de tudo que não te faz bem, ok? 🙂

E, ah! Não se culpe por desistir, ok? Cada um sabe dos seus limites. Seja gentil com você mesmo.

b90d8435f79f62631edc36f616002d22

6 truques para acabar com as olheiras

Se você tem, deve estar tentando se livrar delas; e se não tem, morre de medo que elas apareçam, tô certo ou errado? 😂 As olheiras são um problema que aflige muitos homens (e mulheres) e pode afetar, e muito, a aparência e autoestima. Mas para nossa felicidade existem algumas maneiras simples de tratá-las, ou ao menos amenizá-las.

A causa mais comum das olheiras é a dificuldade de circulação sanguínea na área abaixo dos olhos, o que leva a um aspecto inchado ou levemente roxo. Outro motivo é a perda de tecido subcutâneo que pode acarretar numa aparência de olhos fundos. Abaixo listei alguns truques simples, rápidos e baratos que aliviam as olheiras.

  1. DORMIR: Que o principal fator causador das olheiras é o cansaço não é nenhuma novidade né? Portanto, durma (bem)! De 6 a 8 horas por noite, em ambiente escuro e silencioso, de preferência. Não custa nada e faz um bem danado!
  2. BEPANTOL ou HIPOGLÓS: Isso mesmo, aquela pomada de passar na bunda de neném. Basta aplicar uma camada fina na região abaixo dos olhos antes de dormir. Simples assim. Esse truque é mais preventivo, pois a pomada vai hidratar a pele, evitando o aparecimento das temidas olheiras. Mas serve também como forma de amenizá-las. Melhores resultados se utilizada com frequência. Barato e certeiro.
  3. COMPRESSA FRIA DE CAMOMILA: Sabe aquela história de compressas geladas com chá de camomila? Então, funciona. Mas em olheiras suaves pois trata-se de uma medida paliativa. Mas por que gelada? Por que camomila? Simplesmente porque ajuda a contrair os vasinhos e acalmar a pele. Fazer antes de dormir e ao acordar, por uns 10 minutos. A idéia desse “método” é proporcionar um efeito de vasoconstrição na região, então caso você não tenha camomila, serve apenas água gelada. *Outra dica que também é válida é COLHER DE METAL GELADA. Basta pegar duas colheres, deixar por uns 20 minutos no congelador e depois colocar sobre as pálpebras inferiores. Quase o mesmo resultado da compressa!
  4. PEPINO: Sim, o pepino! Não é coisa de novela, ajuda a suavizar as olheiras mesmo; mas é outra medida paliativa, caso a coisa esteja preta (literalmente) não terá um resultado muito satisfatório.  Corte-o em fatias grossas e coloque-as na geladeira por cerca de 30 minutos. Após esse período, coloque as fatias sobre a área afetada  por 10 minutos. Depois lave o rosto com água (obviamente). O pepino é constituído, em sua maioria, por água, além das vitaminas C e o ácido fólico, agindo como regenerador celular e vasodilatador. Vale lembrar que só surte efeito se feito com frequência, não é algo imediato.
  5. MASSAGEM: Massageie a região abaixo dos olhos com a ponta dos dedos por 15 minutos, uma ou duas vezes ao dia. Ela age como uma drenagem linfática facial e tem o objetivo de estimular a circulação sanguínea. Utilize óleo de amêndoas ou outro similar.
  6. CREME TCHAU OLHEIRAS da Quem disse, Berenice?: Bom e barato, ele estimula a circulação sanguínea na região da área dos olhos, fazendo com que o sangue circule mais e drene mais os pigmentos roxos das olheiras. Ao drenar mais rápido e estimular a circulação, o inchaço (bolsas) e a cor arroxeada diminuem. Só colocar um pouquinho do creme na ponta dos dedos e aplicar na área dos olhos, pela manhã e à noite.

    tchau-pras-olheiras_814498
    Creme tchau olheiras – Quem disse, Berenice?

 

Se nenhum desses truques funcionar, apele pro bom e velho corretivo. É ele que faz milagres! Quantas vezes estava destruído por não ter dormido direito ou virado a noite e pedi socorro pra ele?! kkk Mas não vai querer cobrir toda a olheira. É só pra dar uma amenizada. Senão fica artificial e não rola. Basta colocar um pouco no dedo e aplicar.

Dica do melhor corretivo da vida: Smashbox High Definition Concealer

 

Smashbox High Definition Concealer

 

Essa marca é incrível e esse corretivo é simplesmente o melhor, ele tem acabamento natural e fica perfeito em fotos e vídeos. O único problema é que não é fácil encontrar no Brasil, só comprando pela internet (encontra no Mercado Livre).

 

Existem também soluções mais radicais (e dolorosas) como laser (olheiras escuras causadas por vasinhos) e preenchimento com ácido hialurônico (olheiras profundas causadas pelo afinamento cutâneo). Quanto ao primeiro, não posso dizer muita coisa pois nunca experimentei, mas já fiz o segundo uma vez e posso dizer que dói. Muito. 😂 Mas é bem simples e tem excelente resultado, resolve o problema na hora e dura em média uns 6-7 meses. O ácido age na reposição de volume da pálpebra inferior, o que disfarça a aparência de olhos fundos e ainda melhora pequenas rugas.

Também é muito importante tomar alguns cuidados para evitar as olheiras:

  • Beber bastante água e manter a pele sempre hidratada.
  • Reduzir o consumo de sal, pois ele tende a causar inchaço devido a retenção de líquidos.
  • Manter uma alimentação equilibrada, a deficiência de vitaminas e antioxidantes pode prejudicar sua circulação e acelerar seu envelhecimento.
  • Praticar exercícios físicos: Exercitar-se melhora seu sono, aumenta a circulação sanguínea e elimina toxinas, além de dificultar a retenção de líquidos.
  • Evitar álcool e cigarro: Bebidas alcoólicas desidratam o organismo e privam a pele de nutrientes e vitaminas, já o monóxido de carbono da fumaça do cigarro reduz o fluxo sanguíneo, deixando a pele ressecada e opaca; e nem é preciso dizer o quanto isso tudo contribui para o aparecimento de olheiras né.

 

Ficou alguma dúvida? Usa algum produto específico ou conhece alguma outra dica, algum truque? Me conte nos comentários! 😉

Se assumindo gay

As.su.mir. Eu odeio detesto esse termo para se falar sobre homossexualidade. Na minha concepção de mundo, se assume um erro, um crime, uma gafe, não uma orientação sexual. Sim, orientação, não opção. Opção = escolha. Ninguém escolhe ser gay. Eu sei que você já ouviu isso mil vezes. Mas repito para que não haja dúvidas. Ninguém escolhe ser gay porque ninguém quer sofrer preconceito, simples assim. Tão simples quanto 1 + 1 = 2. Ninguém quer ser excluído, muito pelo contrário; nós, seres humanos, fazemos um puta esforço para sermos aceitos de diversas maneiras na sociedade. Poderia citar milhares de exemplos mas não vem ao caso no momento.

“Então calma, deixa eu ver se entendi… Assumir não é o correto, então qual verbo usar?” Vou tentar te explicar. Primeiramente você se assume gay para você mesmx, portanto acredito que você se reconhece gay. Já na infância ou, mais tardiamente, na adolescência, você percebe que foge ao padrão social e que é diferente (comportamento) da maioria. A sociedade te diz que você tem que gostar de menina (se você for menino e vice versa) e você SIMPLESMENTE NÃO GOSTA. Tuas tias perguntam: e xs namoradinhxs? E você não consegue sequer responder aquilo.

Após se reconhecer gay, você tem que se assumir pro mundo, não é mesmo? Não. Você se apresenta gay pro mundo. E muitas vezes não é preciso verbalizar isso, você não precisa dizer em alto e bom som que é gay, quem tiver que saber, vai saber, vai perceber de algum jeito. O máximo que pode acontecer é você contar para sua família, seus amigos que você é gay. Ponto. Você se apresenta como é, você conta o que você é (uma das milhares de coisas né mores, porque além disso você é incrível, maravilhosx, inteligente e por aí vai). E não é porque você não gritou que é gay que você esteja se escondendo (vulgo no armário). Talvez seja necessário se apresentar gay sim, se declarar gay, mas assumir, jamais. E talvez, por algum motivo, você precise se esconder, tudo bem também, ninguém pode te julgar por isso.

Assumir é um termo muito pesado para uma coisa tão maravilhosa e libertadora que é ser gay. Apesar de todos os pesares.

Minha história: descobri muito cedo que era gay, ainda criança eu percebi que não era como os outros meninos. Por ser muito novo eu não entendia direito o que aquilo significava e nem no que implicava. À medida que o tempo foi passando, fui entendendo melhor, mas no começo foi um pouco difícil me aceitar como eu era, devido a inúmeros fatores, como preconceito e afins. O simples fato de ser diferente da maioria já é um tanto quanto assustador. Sofri muito bullying na escola, o que não facilitou em nada. Hoje  eu me aceito e me amo (muito) como eu sou e não trocaria por nada. Sou grato por ser quem eu sou e por todas as experiências que vivi. Quanto a me apresentar gay pro mundo, nunca precisei verbalizar, se é que você me entende… rs

E vamos parar de nos preocupar com a orientação sexual alheia também. Fodas com quem teu vizinho dorme, se não for com seu/sua parceiro(a), não é da sua conta e você não tem que se incomodar. Tá bem? Então tá bem!

Estate-Planning-In-Adelaide-For-Same-Sex-Couples

Queda de cabelo – Calvície

Você já ouviu falar em alopécia androgenética? A alopécia androgenética ou calvície masculina é uma manifestação fisiológica que ocorre em indivíduos geneticamente predispostos levando à queda dos cabelos, que sofrem um processo de miniaturização. A herança genética pode vir do lado paterno ou materno.

A alopécia androgenética é resultado da estimulação dos folículos pilosos por hormônios masculinos que começam a ser produzidos na adolescência (testosterona). Ao atingir o couro cabeludo de pacientes com tendência genética para a calvície, a testosterona sofre a ação de uma enzima, a 5-alfa-redutase, e é transformada em diidrotestosterona (DHT). É a DHT que vai agir sobre os folículos pilosos promovendo a sua diminuição progressiva a cada ciclo de crescimento dos cabelos, que vão se tornando menores e mais finos. O resultado final deste processo de diminuição e afinamento dos fios de cabelo é a calvície.

Simplificando: é a perda permanente de cabelo do couro cabeludo, causando a calvície. Tem tratamento mas não tem cura. Existem medicamentos que podem prevenir a perda de mais cabelo, mas tem que fazer uso a vida toda, caso contrário, volta a cair; como eu disse, não tem cura. Sim, eu sofro desse mal. 😦

Tratamento

O tratamento visa o prolongamento da vida útil dos folículos pilosos retardando ou interrompendo o processo de queda dos cabelos. Pode ser feito através do uso de substâncias aplicadas diretamente no couro cabeludo, como o minoxidil, ou com medicamentos por via oral, como a finasterida. Existem outros medicamentos de uso oral e tópico, mas vou falar destes que são os que utilizo.

Finasteria 1mg

Com mais ou menos uns 19 anos percebi uma queda acentuada do meu cabelo e procurei logo meu dermatologista, afinal ficar careca não era (e ainda não é) uma ideia muito atraente né. Bateu logo um desespero SOS. Mas para minha felicidade existia tratamento e como procurei ajuda logo no início, o desastre pôde ser controlado. De lá para cá, já fazem uns 6 anos de tratamento com finasterida. Tomo um comprimido de 1mg diariamente antes de dormir.

Se você pesquisar no Google sobre essa substância, vai encontrar alguns estudos contra seu uso. Ela tem efeitos colaterais sim, um deles é a diminuição da libido (vulgo desejo sexual). Para reverter isso, eu uso um fitoterápico chamado Tribulus Terrestris e fica tudo bem rs. Também faço exames de sangue periodicamente para verificar os hormônios e taxas do fígado.

Minoxidil 5%

Esse foi um ganho mais recente, faço uso há quase dois anos. Após anos de tratamento com a finasterida, achei que tinha estagnado, então procurei meu dermatologista e resolvemos tentar algo novo, ele me propôs utilizar o minoxidil juntamente com a finasterida. Eu só posso agradecer por isso, sério! O minoxidil “faz milagres”. Ele é uma solução hidroalcoólica de uso tópico, ou seja, você usa diretamente no couro cabelo, só pingar umas gostas na área afetada e massagear. Faço isso diariamente também, meia hora antes de dormir. Ele pode ser utilizado em qualquer horário, mas como o cabelo fica um pouco “áspero” o mais indicado é antes de dormir. E é preciso deixar ele agir por 4 horas, depois pode enxaguar.

Obviamente que milagre ele não faz. O que acontece é um crescimento de cabelo (bem significativo no início do tratamento) na área afetada pela calvície e diminuição da queda. Ele estimula o crescimento capilar e melhora a circulação sanguínea no couro cabeludo. Mas vale ressaltar que se a calvície estiver em um estado avançado, é provável que o produto não promova resultados satisfatórios. Por isso é importante começar a tratar o problema logo no início.

O resultado é perceptível a partir do segundo mês, não é da noite pro dia, infelizmente. Mas vale a pena. O minoxidil é encontrado em farmácias e também pode ser manipulado, que é o meu caso. Mas não deve ser usado sem indicação médica pois também possui efeitos colaterais como qualquer medicamento, um deles é reação alérgica e irritação do couro cabeludo.

homem-sofre-queda-de-cabelo-mitos
Imagem meramente ilustrativa rs

No meu caso, obtive êxito com o uso combinado dos dois medicamentos. Também uso um xampu para queda de cabelo, mas quanto a eficácia deste não sei dizer, mas é aquela coisa do efeito placebo né… Mal pelo menos não faz rs. Isso é o que eu uso, indicado pelo meu dermatologista, e faço controle e exames periodicamente. Se você perceber que seu cabelo está caindo em excesso, procure um dermatologista.

Se você tiver alguma dúvida ou sofrer com esse problema assim como eu, me conte nos comentários! 🙂

Café nosso de cada dia

Eu não sou ninguém sem café, sério. Se eu acordar e não tomar um balde uma xícara de café, nem sei… Fico lerdo o dia inteiro, não rendo. Sabe aquelas pessoas movidas a café? Prazer, eu mesmo. Isso sem falar no mau humor matinal que gruda e me acompanha o dia todo se eu não tomar meu cafezinho sagrado de todas as manhãs. Gosto de um café bem forte, com gosto de café mesmo, nada de “chafé” hahaha Mas de amargo já basta a vida né mores? Então bora adoçar esse café!

Como tascar açúcar pra dentro do organismo logo cedo não é uma ideia muito boa, nos resta o adoçante. Mas nada mais desagradável que ficar com aquele gosto de adoçante na boca o resto do dia, não é mesmo? 😦 Durante anos sofri com isso, era hora do jantar e eu ainda sentia o gostinho nada saboroso de adoçante. O único adoçante que não deixa esse “efeito” é o Stevia, mas ele também não adoça!!! Você pode colocar quantas gotas quiser, não faz a menor diferença! A única vantagem dele é ser a opção mais saudável dentre os adoçantes.

Tudo isso para dizer que: existe uma salvação! O açúcar de coco! Sim, isso mesmo que você leu. Recentemente eu descobri essa maravilha e minha vida mudou (muito dramático e exagerado sim rs). O açúcar de coco nada mais é que o açúcar da flor do coqueiro; e tem inúmeros benefícios em relação ao açúcar refinado, como baixo índice glicêmico, ser livre de agrotóxico e aditivos químicos e ser fonte natural de potássio, magnésio, zinco, ferro e vitaminas B1, B2, B3 e B6. E pasmem, ele é doce! Se assemelha muito ao sabor da rapadura.

Açúcar-de-Coco-1.jpg
Açúcar de coco

“O sabor do açúcar de coco é muito parecido com o sabor do açúcar tradicional, mas seu índice glicêmico é muito mais baixo (Gi=35), assim é melhor para saúde que o açúcar refinado (Gi=92). Isso quer dizer que o açúcar de coco produz uma liberação lenta de energia, sem promover picos de açúcar no sangue.” É PRA ENALTECER DE PÉ, MEU POVO!

Comprei sem botar a menor fé, só para experimentar e me surpreendi, não vivo sem ele mais. Se você ainda não conhece e, assim como eu, prefere uma opção mais saudável que o açúcar comum e não gosta muito de adoçante, experimente. Aposto que também vai se apaixonar rs. E se você tem alguma outra sugestão, me conte nos comentários! 😀

DICA: eu compro uma embalagem de 100g da marca Copra que tem um fecho estilo zíper que permite abrir e fechar e tem o tamanho ideal pra levar na bolsa/mochila, assim você pode tomar seu café em qualquer lugar sem se preocupar. 🙂